Reign 1x16- Monsters


Todos os monstros são humanos.


Rei Henry está mesmo enlouquecendo, ou pelo menos se encontra em um estado de desequilíbrio mental. E pelo visto, nem mesmo Catherine é capaz de contê-lo. Os efeitos já começam a repercutir sobre os demais personagens, e confesso que me incomodou muito mais a conversa descabida com Mary, do que a punição dada ao servo que discordara de suas palavras. O quadro mental do personagem gera uma situação de desequilíbrio estrutural na trama, colocando todos em perigo, afinal ele governa grande parte das vidas ao seu redor, inclusive a da rainha de Escócia que é sua hóspede.

Neste contexto, a inclusão de Penelope, como uma oportunista hábil em manipular Henry em seu proveito, foi realmente surpreendente. A serviçal compreende a mente doentia de seu rei, sua sede de poder, controle e luxúria. Porém, já sabemos que o jogo que ela está entrando é perigoso, e com exceção de Diane de Potier, nenhuma outra amante teve um bom destino na trama. Basta olhar para Kenna.

The monters também me fez perceber o quanto aqueles em volta de Mary estão devastados. A personagem pode ter alcançado seu principal objetivo, mas isto custou a suas damas bastante prejuízo. Aylee pagou com sua própria vida. Greer, sempre dividida entre a perspectiva de sua família e a de seu coração, viu seu amado ser enviado para a guerra, ao mesmo tempo em que perdia o marido adequado e também sua reputação. Já Lola, apesar de ter encontrado a solução para seus problemas ao casar com o ex-futuro marido da amiga, agora se verá presa a um casamento sem amor, baseado em mentiras e fadada a guardar o segredo sobre o verdadeiro pai seu filho. E Kenna, afundada em sua própria ambição, terminou obrigada a casar com um homem sem posses. Apesar de que vai ter muita gente achando que casar com Bash tenha sido na verdade um presente.

Não foi dessa vez que encontramos a escuridão, e todo o plot serviu apenas para trazer Bash de volta ao castelo, arranjar-lhe uma esposa e acertar a situação dele com o irmão, naquele típico bromance que faz todo mundo suspirar.

Coroa real nº1: Estava óbvio que Penelope não era nenhuma santa.

Coroa real nº2: Rei Henry mandou matar Bash. Ele já está louco há muito tempo.

Coroa real nº3: Rei Henry tentando matar Bash. Tenso.

Coroa real n4: Casamento de Kenna com Bash, wtf? Melhor cena do episódio.

Coroa real nº5: Notralivia ou Olivradamus? Ainda não sei o que dizer desse casal.

Coroa real nº6: O que dizer do rei da pimenta? Personagem avulso que já considerado pacas.


Na próxima semana, teremos Mary sendo Mary.

0 comentários:

Postar um comentário