Review Sleepy Hollow 2x01 - This is War


Eu sou um devorador de pecados. Eu posso sentir o gosto da sua mentira."- Henry.

Na última vez que estivemos em Sleepy Hollow, Abbie e Crane tinham perdido a batalha contra o cavaleiro da Guerra, estando a primeira no purgatório e o segundo enterrado vivo. Por isso, foi tão estranho começar o episódio naquele que seria um cenário um ano após o acontecimento, no qual Henry estava aprisionado e Katrina e Jenny supostas vítimas da batalha. Senti-me bastante ingênuo ao perceber que não se passava de um truque de Moloch para obter informações e que os roteiristas conseguiram enganar o público. Quem não caiu?!
Além do recurso narrativo que me fez redobrar a atenção nos minutos seguintes, o retorno da série trouxe um ritmo bastante acelerado, baseado em um enredo sólido, uma das coisas que geralmente senti falta em reviews passadas.

Pois sim, a chave para os portões do purgatório justificou totalmente o resgate de Abbie, que estava condenada a vagar pela eternidade nos domínios de Moloch. Esperava que esse cenário fosse mais explorado devido as possibilidades que ele representa. Além disso, a adição de Jenny e Henry ao elenco regular não poderia ser mais gratificante. Ambos os personagens provaram seu valor no primeiro ano, e tanto o relacionamento de Abbie com sua irmã quanto o antagonismo do Cavaleiro da Guerra renderão excelentes narrativas. Afinal, isto é Guerra.
Em uma sequência paralela, Katrina passou o episódio cativa do cavaleiro da Morte. A grande questão aqui é a inutilidade da personagem, que mesmo sendo uma bruxa capaz de preservar o corpo do marido por décadas, ainda se mostra uma figura totalmente desnecessária no show. A atriz é linda, mas a personagem precisa ser mais do que alguém que precisa ser salva e interagir mais ativamente no arco central. E falando em bruxa, onde estão os poderes de Abbie?

Devido ao sucesso da produção, já sabemos que a segunda temporada contará com 18 episódios, o que gera dúvidas se a qualidade se manterá ao longo dessa temporada. Em relação a esse episódio específico, a minha conclusão é que foi um retorno a altura da final do ano anterior.

P.S1: O entrosamento Abbie e Crane está excelente. Convenceu. Comoveu. Empolgou.

P.S2: Li comentários no Banco de séries sobre o corpo descamisado sem cabeça do cavaleiro da morte. Confere isso, produção?


0 comentários:

Postar um comentário